GEOCHEMICAL MAPPING OF POTENTIALLY HAZARDOUS ELEMENTS IN SURFACE WATERS AND STREAM SEDIMENTS OF THE QUADRILÁTERO FERRÍFERO, BRAZIL

Raphael de Vicq, Jorg Matschullat, Mariângela Garcia Praça Leite, Hermínio Arias Nalini Júnior, Lucas Pereira Leão

Abstract


O mapeamento geoquímico e a determinação de concentrações de linha de base de elementos potencialmente perigosos no ambiente recebem atenção crescente. A necessidade de conhecer dados geoquímicos regionais, bem como a alocação espacial de áreas com concentrações de elementos anômalos e as chances de identificar suas principais fontes motivam o interesse. Aqui, resultados de um exercício de mapeamento geoquímico e derivados de valores de referência relacionados são apresentados. Foram coletadas 541 amostras de sedimentos e águas superficiais em todo o Quadrilátero Ferrífero (QI), Brasil, com uma densidade de 1 amostra por 13 km2. Os mapas geoquímicos foram compilados usando o método de interpolação de distância inversa ponderada (lDW). As concentrações de fundo “normais” foram distinguidas das anomalias com a técnica de separação por concentração, onde anomalias positivas foram definidas pela regra “Boxplot” Upper Inner Fence (UIF). Os resultados demonstram que mais de 70% da área do QI apresenta faixas de concentração de fundo geogênico para os elementos estudados. Cerca de 20% da área representam anomalias positivas, provavelmente relacionadas tanto a tipos de rochas próximas à superfície quanto à interferência humana. Anomalias antropogênicas distintas, notadamente das atividades de mineração, são identificadas em 5% a 10% de todas as amostras. Esta primeira amostragem no QI permite delinear o papel da litologia na composição elementar de sedimentos de riachos e estabelecer valores de referência para as principais bacias hidrográficas - assim localizando localidades, cidades e bacias fluviais que estão expostas a riscos ambientais e precisam ser protegido. Os resultados demonstram que mais de 70% da área do QI apresenta faixas de concentração de fundo geogênico para os elementos estudados. Cerca de 20% da área representam anomalias positivas, provavelmente relacionadas tanto a tipos de rochas próximas à superfície quanto à interferência humana. Anomalias antropogênicas distintas, notadamente das atividades de mineração, são identificadas em 5% a 10% de todas as amostras. Esta primeira amostragem no QI permite delinear o papel da litologia na composição elementar de sedimentos de riachos e estabelecer valores de referência para as principais bacias hidrográficas - assim localizando localidades, cidades e bacias fluviais que estão expostas a riscos ambientais e precisam ser protegido. Os resultados demonstram que mais de 70% da área do QI apresenta faixas de concentração de fundo geogênico para os elementos estudados. Cerca de 20% da área representam anomalias positivas, provavelmente relacionadas tanto a tipos de rochas próximas à superfície quanto à interferência humana. Anomalias antropogênicas distintas, notadamente das atividades de mineração, são identificadas em 5% a 10% de todas as amostras. Esta primeira amostragem no QI permite delinear o papel da litologia na composição elementar de sedimentos de riachos e estabelecer valores de referência para as principais bacias hidrográficas - assim localizando localidades, cidades e bacias fluviais que estão expostas a riscos ambientais e precisam ser protegido. provavelmente relacionada tanto a tipos de rochas próximas à superfície quanto à interferência humana. Anomalias antropogênicas distintas, notadamente das atividades de mineração, são identificadas em 5% a 10% de todas as amostras. Esta primeira amostragem no QI permite delinear o papel da litologia na composição elementar de sedimentos de riachos e estabelecer valores de referência para as principais bacias hidrográficas - assim localizando localidades, cidades e bacias fluviais que estão expostas a riscos ambientais e precisam ser protegido. provavelmente relacionada tanto a tipos de rochas próximas à superfície quanto à interferência humana. Anomalias antropogênicas distintas, notadamente das atividades de mineração, são identificadas em 5% a 10% de todas as amostras. Esta primeira amostragem no QI permite delinear o papel da litologia na composição elementar de sedimentos de riachos e estabelecer valores de referência para as principais bacias hidrográficas - assim localizando localidades, cidades e bacias fluviais que estão expostas a riscos ambientais e precisam ser protegido.

Full Text:

PDF

Refbacks

  • There are currently no refbacks.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia